Será que tenho Ansiedade, Depressão ou Síndrome do Pânico?

Ansiedade, Depressão, Síndrome do Pânico
VTM Neurodiagnóstico: Diagnósticos e Tratamentos em Neurologia e Saúde Mental

Na atual pandemia, são frequentes os desafios associados com a saúde mental, vamos compreender algumas diferenças:
Depressão – ocorre principalmente por três fatores principais: genética, alteração bioquímica cerebral e por agentes estressores. Os principais sintomas são sensação de tristeza, autodesvalorização, sentimento de culpa, cansaço, insônia, apetite alterado e redução de libido.
Transtornos de ansiedade – associados com preocupações, tensões ou medos exagerados. Os transtornos em geral dão sensação contínua de um desastre ou que algo ruim vai acontecer.
Síndrome do Pânico – é um tipo de ansiedade, a principal característica é ter crises esporádicas com forte intensidade, podem incluir dores no peito, dificuldade em respirar, taquicardia e medo excessivo, sintomas bem parecidos a um infarto. Existem aqueles sintomas psíquicos, como medo, angústia muito intensa e a sensação de morte iminente. Muitas vezes a Síndrome do Pânico desencadeia a depressão.
Esses três transtornos estão presentes no dia-a-dia da Clínica por conta da Pandemia COVID-19 ser um trigger para pessoas que já têm geneticamente predisposição para tais transtornos mentais, mas que ainda não tinham desencadeados essas doenças.
Como tratamento, atividade física, uma dieta saudável, sono regular e exercícios de relaxamento podem ajudar a reduzir a ansiedade e a depressão. Participar de um grupo de apoio também pode ajudar, porém se existirem pensamentos suicidas, houver incapacidade de trabalhar ou realizar atividade diárias e, em caso da existência de Crises de Pânico, há necessidade de consulta médica e tratamentos que podem envolver psicoterapia, estimulação magnética transcraniana, neurofeedback, reabilitação ocupacional, realidade virtual ou uso de medicamento. 

#saude #ansiedade #sindromedopanico #depressão #vtmneurodiagnostico #psicologa #psquiatra #neurologista #coronavírus #covid19 #pandemia #quarentena #isolamentosocial #distanciamentosocial

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta