Os 6 principais transtornos de desenvolvimento em crianças e adolescentes

Diversos transtornos do desenvolvimento infantil e juvenil podem ocorrer e, se não tratados, podem agravar na fase adulta. Trouxemos os seis mais comuns, veja:


Transtorno de Humor

Alterações de humor, tristeza sem causa aparente, irritabilidade ou excesso de resposta para um determinado estímulo pode revelar distúrbio emocional ou comportamental.

Transtorno de Ansiedade

Crianças com transtorno de ansiedade mostram imediatismo, preocupação exagerada e estresse o que pode afetar o sono e o rendimento escolar.

Distúrbio de Aprendizagem

Envolve a dislexia, que afeta habilidades básicas de leitura e linguagem, como a discalculia que é a deficiência de aprendizagem em matemática. Esses transtornos podem ocasionar problemas psicossociais, assim como afetam o rendimento escolar.

Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade TDAH

Esse distúrbio envolve dificuldade de atenção, controle de impulso e hiperatividade. A pessoa com TDAH pode desenvolver baixa autoestima, problemas de relacionamento.

Transtorno Opositivo-Desafiador TOD

Caracterizado pelo comportamento desafiador e desobediente a autoridades. A causa pode estar associada com fatores genéticos e ambientais. O TOD envolve comportamento agressivo, índole vingativa e humor irritável.

Transtorno do Espectro do Autismo TEA

É um grupo de distúrbios do neurodesenvolvimento, envolvem redução de interação e comunicação social, padrões estereotipados e repetitivos. Algumas vezes está associado com desenvolvimento intelectual irregular.

Diagnóstico e tratamentos

Todo transtorno só pode ser diagnosticado por especialista em consulta médica. Após isso, diversos tratamentos podem ocorrer com redução de uso de medicamentos, através de terapias combinadas com Realidade Virtual, Neurofeedback e técnicas de Treinamento Cognitivo-comportamental. A Clínica VTM Neurodiagnóstico trabalha com o Programa Neurokids totalmente voltado para tratamentos neuropsiquiátricos em crianças e adolescentes.

Deixe uma resposta