Neurofeedback para compulsão alimentar e emagrecimento

Já se perguntou por que muitas pessoas que realizam dietas ou cirúrgia bariátrica voltam a engordar? Diversas vezes o aumento de peso é um efeito associado com um transtorno alimentar chamado “compulsão alimentar”. O Transtorno de Compulsão Alimentar se caracteriza pela ingestão, em um período de duas horas, de uma quantidade de alimentos maior do que outras pessoas consumiriam em circunstâncias similares. Durante os episódios de compulsão, a pessoa come mais rápido do que o normal e até sentir-se “desconfortavelmente cheia” , mesmo sem fome. São relatados sentimentos de vergonha e culpa devido à quantidade de comida ingerida, assim como falta de controle sobre o ato de comer.

Características neurobiológicas da compulsão alimentar

Pesquisas mostram aspectos biológicos associados com a compulsão. Por exemplo, os hormônios que regulam o início e o término da sensação de fome e os resultados apontam que esses hormônios têm um papel ativo no comportamento alimentar dos indivíduos com compulsão. No DMS-5 são descritos sentimentos de vergonha, desgosto, culpa e nojo de si mesmo relatados após os episódios de compulsão. O Transtorno de Compulsão Alimentar pode vir acompanhado de déficits em flexibilidade cognitiva, na memória de trabalho e na resolução de problemas. A depressão e a ansiedade são as principais comorbidades desse transtorno. Assim como eventos estressores anteriores e a percepção de imagem corporal.

Programa de Neurofeedback para tatamento de compulsão alimentar e emagrecimento

Diversas vezes a compulsão alimentar é causadora de problemas associados com ganho de massa corporal. É importante ressaltar que tanto a compulsão alimentar, como a anorexia e abulimia são transtornos alimentares diagnosticados por psiquiatras. Esses transtornos são descritos no DSM. O aumento de peso corporal muitas vezes pode trazer consequências negativas para o metabolismo e estrutura corporal. Por isso, a CLínica VTM Neurodiagnóstico incorporou um Programa de Tratamento direcionado para neuromodulação autorregulatória para redução de compulsão alimentar. Esse tratamento tem como foco principal o uso do Neurofeedback e de estratégias da Terapia Cognitivo-comportamental para modificar a atividade cerebral com o uso de monitoramento em tempo real durante a sessão.Entre em contato com nossos consultores.

Deixe uma resposta