Últimas notícias da VTM

transtorno bipolar

Transtorno bipolar e a farsa da Mulher Maravilha

Cerca de 4% da população mundial sofre com transtorno bipolar. Maioria dos casos surge na adolescência

Apesar de não terem força sobre humana, nem capacidade de voar, algumas mulheres que sofrem com transtorno bipolar se sentem verdadeiras super-heroínas durante certos ciclos da doença.

Eufóricas, com a sexualidade aflorada e repletas de energia, tendem a assumir comportamentos impulsivos e extravagantes. No entanto, de uma hora para outra, estas superpoderosas dão lugar a mulheres desmotivadas, com apatia e sem ânimo para suas atividades.

Flutuações súbitas de humor como essas caracterizam os principais sintomas do transtorno bipolar. Além dos reflexos negativos nas relações pessoais e profissionais, essas alterações também levam a reações incompatíveis ou exageradas às situações, com atitudes que podem causar graves danos a si mesmo ou às pessoas mais próximas.

Principais características do transtorno bipolar

O transtorno bipolar apresenta nuances que tornam difícil o seu diagnóstico. Não à toa, cerca de 60% dos seus casos se manifestam na adolescência, mas são descobertos somente na idade adulta.

Conheça outros sintomas da doença e saiba como identificá-los:

Depressão: tristeza profunda, apatia, desinteresse por atividades que antes davam prazer, isolamento social, alterações do sono e apetite, ideias suicidas.

– Mania: estado de euforia exultante, com valorização da autoestima e autoconfiança, pouca necessidade de sono, compulsão para falar, irritabilidade, comportamento agressivo.

– Hipomania: os sintomas são semelhantes aos da mania, porém mais leves e com menor repercussão sobre as atividades e relacionamentos do paciente.

Tratamentos alternativos para o transtorno bipolar

Embora existam tratamentos eficientes com medicamentos, aproximadamente 50% dos pacientes com transtorno bipolar não respondem mais a eles.

Nesse sentido, novas intervenções surgem como complementos eficazes no alívio dos sintomas da doença. Entre elas, a técnica de estimulação magnética transcraniana (EMT), com resultados positivos e boa melhora nas alterações bruscas de humor, segundo estudos recentes.

Além de trazer menos efeitos colaterais, a EMT pode ser realizada no próprio consultório médico, sem necessidade de anestesia ou internação. É considerada, ainda, um método seguro, o que é fundamental na busca por novas alternativas médicas.

Principais benefícios da EMT

– É uma técnica não invasiva, que pode ser realizada no próprio consultório médico.

– Produz um campo magnético mais focal, dando um controle maior sobre a área estimulada.

– É indolor, sem necessidade de anestesia.

– Quase ausência de efeitos colaterais. É extremamente segura, não traz danos ou toxicidade aos órgãos, como medicamentos podem causar.

– A única restrição é para pessoas com dispositivos eletrônicos ou metálicos na cabeça, principalmente implante coclear. O campo magnético pode de alguma forma interferir no funcionamento do aparelho.

VTM_assinatura_post (2)

Compartilhe este post:Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *