Dra. Vanessa T. Muller no Jornal de Teresópolis

 
Eletroneuromiografia é um exame que permite avaliar todos os componentes da unidade motora, que podem sofrer lesões em doenças ocupacionais (do trabalho), traumáticas (acidentes de motocicletas, de carro ou por armas de fogo ou branca), ou doenças metabólicas (diabetes) e degenerativas. No município de Teresópolis, somente o Hospital São José (HSJ) disponibiliza a técnica, que é realizada pela neurologista Vanessa Teixeira Müller, mestre e doutoranda pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pioneira no estado no tratamento da depressão via Estimulação Magnética Transcraniana Repetitiva.
 
O exame é necessário para avaliação e tratamento de pacientes de diversas áreas médicas, especialmente ortopedia, neurologia, neurocirurgia, fisiatria, medicina do trabalho, reumatologia, endocrinologia, oncologia e clínica médica. Algumas doenças como a Síndrome do Túnel do Carpo e Polimiosite, por exemplo, geralmente necessitam de um estudo neurofisiológico”, explica a médica, que já realizou mais de 3 mil exames em pacientes de todas as idades. Vanessa conta que o procedimento dura certa de 20 minutos e, ao contrário do que muitos pensam, é pouco dolorido. “A eletroneuromiografia é realizada em duas fases: na primeira promovemos a estimulação elétrica dos nervos e, na segunda, captamos a atividade elétrica gerada no interior dos músculos com a utilização de eletrodos parecidos com agulhas de acupuntura, descartáveis, muito finas, causando pouquíssimo ou nenhum desconforto”.
 
Além desse exame, a médica realiza no HSJ a aplicação datoxina botulínica – que originou o botox utilizado em âmbito estético. “É utilizada para o tratamento de rigidez muscular – sequela muito presente em pacientes vítimas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) -, distonias, paralisia entre outras, etc. Embora a maioria das pessoas não saibam, o botox é uma toxina originalmente utilizada para tratamentos neurológicos e sua utilização estética é uma descoberta posterior”, explica Vanessa.
 
A Neurofisiologista atende pacientes de convênios e particulares todas as quintas-ferias no HSJ, a partir das 8h. “Estou atendendo certa de 15 pacientes por dia e a agenda está lotada”, comenta.
 
Outro método realizado pela médica no São José é a Estimulação Magnética Trasncraniana, que diagnostica e trata pacientes com depressão, esquizofrenia, mal parkinson, AVC, entre outros.

Fonte: Jornal de Teresópolis 
Próximo postRead more articles